Arquivo de etiquetas: Desastre

(Re)PISA

Graças aos resultados alcançados nos testes PISA de 2009, José Sócrates aproveitou imediatamente para defender que tal sucesso se deveu ao seu primeiro governo, incluindo no elogio a nunca suficientemente elogiada Maria de Lurdes Rodrigues. Deu-me, então, para fazer algo … Continuar a ler

Publicado em Educação | Etiquetas , , , , , , , , , , , , | 12 Comentários

Tempos

Há uma piada machista que diz, mais ou menos, o seguinte: se um homem estiver a falar, no meio de uma floresta, sem nenhuma mulher a ouvi-lo será que, mesmo assim, ele continua a não ter razão? Acerca do tempo, … Continuar a ler

Publicado em Educação | Etiquetas , , , , , , , | 4 Comentários

Da importância dos centros de formação

  A formação contínua faz parte da essência da profissão docente. O verdadeiro professor deverá ser um eterno estudante, sendo fundamental para o exercício da sua actividade que haja mecanismos formais para que possa actualizar-se. A formação contínua não pode … Continuar a ler

Publicado em Educação, Educação - um pouco do muito que falta fazer | Etiquetas , , , , , | 4 Comentários

Recentrar a função docente

                Nos habituais discursos habitualmente deslumbrados sobre Educação produzidos em ambientes ou universitários ou vendidos ao poder político ou ambos, há duas ideias recorrentes acerca do que deve ser o novo professor: “o … Continuar a ler

Publicado em Educação, Educação - um pouco do muito que falta fazer | Etiquetas , , , , , , | 3 Comentários

A vaca é nossa!

O episódio do acordo assinado entre PSD e Governo em casa de Eduardo Catroga e guardado para a posteridade no telemóvel deste está tão carregado de signos e simbolismos que seria necessária uma equipa de semiólogos para produzir análises de … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , , , , , , | 3 Comentários

Crise política sempre

Um dos vícios de linguagem preferidos dos papagaios que constituem a classe política portuguesa é colocar o adjectivo “político(a)” a seguir a qualquer substantivo. Assim, têm surgido expressões como “coragem política” ou “honestidade política” (uma contradição nos termos?) ou – … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , , , , , , | Publicar um comentário

E os autocarros para Lisboa?

O poder é, demasiadas vezes, sentido como um privilégio, quando, na verdade, é, apenas, uma responsabilidade. Ter poder implica que cada comportamento ou cada decisão tenham um reflexo sobre os inferiores hierárquicos. São tantos os exemplos:  ser pai, ser juiz, ser … Continuar a ler

Publicado em Educação | Etiquetas , , , , , , | 1 Comentário