O patriotismo como problema

A ideia de que o meu país, o meu clube, a minha cidade ou o meu outra coisa qualquer é especial, único, inimitável, espectacular e o melhor do mundo, incluindo dormitórios, arredores e estábulos anexos é absolutamente compreensível e, na maior parte dos casos, perniciosa, porque as pessoas não se apercebem de que é tudo uma questão sentimental transformada pelo pobre cérebro que temos numa identidade granítica, inexpugnável. É desta ilusão que nascem os discursos patrióticos, tantas vezes revisionistas, ou os urros tribais que nos levam a acreditar que a nossa agressão é sempre uma defesa.

Advertisement
Esta entrada foi publicada em Sociedade com as etiquetas , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s