Cum grano salis

António Alves Martins, bispo e polemista, escreveu e está na pedra: “A religião deve ser como o sal na comida: nem muito nem pouco, só o preciso”. Mesmo que, pessoalmente, prescinda desse sal, não há como um truísmo para relembrar o fundamental.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Religião com as etiquetas , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s