Nuno Crato chama estúpidos aos portugueses

Como é costume, pouco há a acrescentar às análises do Paulo Guinote. Feliz ou infelizmente, não consegui ouvir as declarações do ministro, porque parece haver um problema com o som do vídeo.

Nuno Crato, ontem, na TVI, terá, então, afirmado que não há razões pedagógicas que digam que 30 alunos por turma é mau. Depreende-se que o critério usado pelo ministro para tomar decisões se baseia, então, na possibilidade de a opção não ser má ou na inexistência de um discurso que garanta que a opção é má.

Por vezes, há pessoas que ouvem vozes, o que as transforma em casos psiquiátricos. Nuno Crato tem um problema diferente: não ouve vozes. E isso é um dos grande problemas da Educação em Portugal.

Uma das vozes que Nuno Crato não ouve é a de Maria do Carmo Vieira, que pediu ao ministro delicodoce que não nos chamasse estúpidos, mas Crato decidiu insistir na afirmação de que o aumento do número de alunos por turma não traz problemas.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Educação com as etiquetas , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s