Solução: recusar os bons alunos

Da notícia citada aqui, fico a saber de uma preocupação do novo director da Escola Secundária D. Maria:

 Uma das tarefas será mostrar que os resultados que costumam colocar a Infanta D. Maria entre as primeiras no ranking dos exames nacionais, não se devem apenas aos recursos dos “alunos de classe média e média alta, mas também às boas práticas da escola”.

 Há uma maneira de provar isso inequivocamente: recusar a entrada de “alunos de classe média e média alta”, preferindo os das classes baixas.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Educação com as etiquetas , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s